Tags

, , , , , , ,

Acabei de ler a obra do teólogo equatoriano René Padilla, que aqui foi traduzido e publicado pela editora Ultimato. Gostaria de compartilhar um trecho “Quando a igreja se compromete com a missão integral e se propõe a comunicar o evangelho mediante tudo o que é, faz e diz, ela entende que o seu propósito não é chegar a ser grande numericamente, ou rica materialmente, ou poderosa politicamente. Seu propósito é encarnar os valores do reino de Deus e testificar do amor e da justiça revelados em Jesus Cristo, no poder do Espírito, em função da transformação humana em todas as suas dimensões, tanto em âmbito pessoal como em âmbito comunitário.” (C. René Padilha em O que é missão integral? p. 18). Num momento em que estamos presenciando um conflito aberto entre duas denominações, penso que a atualidade desse trecho possa servir para redirecionarmos a caminhada da igreja evangélica não na busca daquilo que é megalomaníaco, mas da simplicidade do Evangelho. A omissão dos que pensam assim poderá ser fatal e descaracterizar o cristianismo brasileiro. O alerta está feito. Existe um preço à pagar e a omissão nos custará caro.
Anúncios