Theología, segundo o étimo helênico, é a ciência que estuda sobre Deus e todos os assuntos pertinentes à fé e à religião. O Theólogo, por sua vez, é tanto o que fala a Palavra de Deus quanto aquele a quem Deus fala. O interesse primário do Theólogo, considerando que o lógos busca a coerência e a racionalidade conceitual (Begriff na filosofia hegeliana), é discursar a respeito de Deus e sua relação com o mundo criado, fundamentado na fé e na razão. A fé, do ponto de vista da theologia, é axioma indispensável à compreensão do Inefável. A linguagem da fé, por conseguinte, é paradoxal, pois procura equilibrar dialeticamente a incapacidade da linguagem humana em compreender o mistério, e a necessidade de falar coerentemente da epifania do numinoso. A tensão entre revelação e mistério, cognoscibilidade e incognoscibilidade, certeza e incerteza, afirmação e negação, o já e o ainda não, são elementos presentes em todo saber theológico. Estas constatações orientam a pesquisa teológica e alimentam a alma, uma vez que a compreensão do divino se manifesta na teofania da divina santidade, no encontro místico do homem com o Deus da Theologia, em vez da theologia sobre Deus.

Anúncios