Tags

, ,

O eBay é um site de comércio eletrônico criado em 1995, onde podem ser negociados inúmeros produtos, desde pequenas coisas até propriedades imobiliárias. A página funciona de maneira bem parecida com o Mercado Livre, site muito usado na América Latina, inclusive no Brasil.

O eBay tem uma função próxima a dos classificados nos jornais. Lá é possível anunciar produtos usados ou novos, estipulando formas de venda, pagamento e entrega. Tanto uma pessoa comum, como uma instituição podem criar perfis no site e postar seus produtos com fotos, vídeos e informações escritas, dando as especificidades e aplicações do que se vende.

O eBay é o maior site de comércio eletrônico do mundo, com 97 milhões de usuários ativos (Foto: Reprodução/Júlio Monteiro)O eBay é o maior site de comércio eletrônico do mundo, com 97 milhões de usuários ativos (Foto: Reprodução/Júlio Monteiro)

Compra e Venda

Existem duas maneiras básicas de vender no eBay, uma é o Leilão (auction) e, a outra, é pelo preço fixo (fixed price). O leilão tem o funcionamento bem parecido com os dos leilões normais. Há um preço inicial e quem estiver interessado dá lances a partir deste valor. Alguns leilões, além do lance inicial, têm também “preços de reserva”, uma quantia secreta pela qual o anunciante está disposto a vender o item. Se os lances não alcançarem este valor, o anunciante não é obrigado a vender. Mas, geralmente, quem ganhar, tem a obrigação de fechar o negócio.

O site oferece duas formas básicas de venda, por leilão e pelo comprar agora - Buy It Now - (Foto: Reprodução/Júlio Monteiro)O site oferece duas formas básicas de venda, por leilão e pelo comprar agora – Buy It Now – (Foto: Reprodução/Júlio Monteiro)

Os itens por preços fixos funcionam como em qualquer outra loja. Anuncia-se um item por um valor estabelecido e, caso alguém tenha interesse, clica em “Comprar Agora” (Buy It Now) e, pronto.

Existem ainda, alguns leilões que funcionam, ao mesmo tempo, com preços fixos. Eles dispõem um preço de venda imediata, que é geralmente maior do que o lance do leilão. Para adquiri-lo, é só comprar por esse preço superior, através do botão “Comprar Agora”.

É possível participar de leilões, dê seus lances e acompanhe a disputa para não perder o produto (Foto: Reprodução/Júlio Monteiro)É possível participar de leilões, dê seus lances e acompanhe a disputa para não perder o produto (Foto: Reprodução/Júlio Monteiro)

Para se anunciar no eBay, é possível fazer isso como um indivíduo interessado em se desfazer de algo que não usa mais, de forma esporádica ou, como uma loja virtual no site (eBay Store).

As “eBay Stores” são empreendimentos criados por pessoas que querem ter seu próprio negócio ou instituições, como lojas físicas, mas que desejam expandir sua freguesia. Os produtos anunciados por essas lojas possuem links que levam os compradores aos seus catálogos, onde se encontram inúmeros itens anunciados por um só vendedor.

Para manter esse tipo de comércio, é necessário pagar taxas para o site. O eBay cobra taxas iniciais por anúncio, sendo que o valor dependerá do preço do produto. Ao fim de qualquer transação é cobrada também uma taxa.

Para pesquisar por um item não é necessário fazer nenhum cadastro. No entanto, para comprar, sim. Apesar do site oferecer a opção de “Comprar como um convidado” (Buying as a Guest), que permite até 15 compras usando o “Comprar Agora”, há algumas limitações.

Ao fazer o cadastro com seus dados pessoais, procure pelo produto de interesse ou navegue para ver o que lhe é oferecido e se há alguma barganha dando sopa. Ao encontrá-la, dê seu lance ou “Compre Agora”. Quando se adquire um item você escolhe a forma de pagamento, que varia entre cartões de crédito, dinheiro, cheque pessoal, ordem de pagamento em papel ou cheque bancário, e pagamento eletrônico com o PayPal.

Para comprar sem limitações só é necessário fazer seu cadastrado com os dados pessoais (Foto: Reprodução/Júlio Monteiro)Para comprar sem limitações só é necessário fazer seu cadastrado com os dados pessoais (Foto: Reprodução/Júlio Monteiro)

Para os moradores de fora dos EUA as compras tornam-se processos um pouco mais complicados. E a disponibilidade de envio de um produto tem de ser conferida junto ao vendedor, através do envio de e-mails, no link “Ask a seller a question”. Geralmente, informa-se o endereço de entrega, o produto que se quer adquirir e ele fará uma pesquisa.

Caso o vendedor tope fechar negócio, irá responder com os dados de envio e o valor do frete. É bom lembrar de enviar o e-mail em inglês. Na entrega também é bom lembrar que o governo do seu país pode cobrar taxas. No Brasil são cobradas taxas percentuais sobre o valor total do produto de até 60%, no momento da entrega. Para conferir isso vá ao site da Receita Federal.

Infraestrutura

Para manter todo esse enorme sistema de compra e vendas mundiais, com 97 milhões de usuários ativos, o eBay tem uma complexa estrutura e servidores rodando ao redor dos EUA, além de parceiros em mais de 40 países, que auxiliam na manutenção da rede.

São em torno de 200 servidores que mantêm o site. Estes dividem-se em funções, para diminuir as chances de quedas que tirem o site do ar. São servidores de busca, de armazenamento de dados, de aplicações e outros, responsáveis por todas a funções.

Existem quatro complexos com conjuntos desses servidores que podem, de forma independente, manter o site no ar, mas conseguem, da mesma forma, trabalhar em conjunto melhorando o desempenho do serviço.

O que você não encontrará a venda

Como o eBay é um site enorme e com uma quantidade gigantesca de produtos à venda, para informar o que se pode comprar, é melhor explicar o que é proibido vender .

É possível vender quase tudo no eBay, no entanto, existem algumas restrições. As principais proibições envolvem coisas ilegais, como: drogas ilícitas; produtos controlados pelos governos, dentre elas, tabaco, armas e remédios limitados por receita médica. Também são proibidos certos equipamentos de arrombamento e de segurança, escutas telefônicas, câmeras escondidas, etc.

Apesar de já terem tentado, não é possível vender partes humanas, como orgãos. Houve tentativas de venda de fígados pelo site, que as cancelou assim que detectou o anúncio. Surgiu também uma tentativa de venda de uma alma humana, por um usuário chamado David Finn. A oferta da alma foi rejeitada pelo site, que argumentou a imaterialidade do “produto”, além de que, caso existisse e fosse material, seria parte de um corpo humano, o que não é comerciável, como o fígado.

Um terceiro caso muito curioso de venda, veio de uma desempregada, Deborah Bowen. Após muitas tentativas frustradas atrás de emprego, Debborah colocou-se à venda no site, por 33 mil libras – cerca de R$ 88 mil -, o valor do seu antigo salário. Os motivos para tal atitude foram a busca por manter o antigo padrão de vida e pagar todas as contas atrasadas.

 

Techtudo Artigos

Anúncios