Tags

, , , , , , , ,

Ao que tudo indica, o Windows 8 rodará aplicativos desenvolvidos para o Windows Phone 7. A informação ganha consistência pelo fato de que ambos os sistemas usam o mesmo kernel e também pela indicação do aplicativo I’m A WP7, voltado para listar as versões do sistema operacional que rodam determinado aplicativo.

O número superior indica que a próxima prévia do Windows 8, a Release Candidate, poderá rodar os aplicativos do sistema operacional móvel da Microsoft. Caso a informação se confirme, de uma hora para outra, o Windows 8 ganha o empurrão de uma biblioteca de mais de 70 mil aplicativos.

Outro detalhe que sustenta a ideia é o jogo de codinomes. A próxima versão do Windows Phone deverá ser conhecida como Apollo. E as bibliotecas que rodam a interface Metro no Windows 8 são chamadas de Júpiter. Júpiter é Zeus para os romanos, que por sua vez é o pai de Apollo.

Apesar de interessante, a proposta tem suas dificuldades técnicas. Apesar das linguagens de programação permitirem a compatibilidade entre desktops e smartphones, há questões limitantes, como principalmente a resolução. Softwares criados para Windows Phone estão confinados a resoluções máximas de 800 x 480 e na maioria dos casos, possuem orientação vertical. Nos desktops, as telas são muito maiores, horizontais e com resoluções muito mais altas. Será interessante observar as soluções da Microsoft para este problema.

Via Extreme Tech

Enhanced by Zemanta
Anúncios